domingo, 26 de março de 2017

Fórmula 1: VETTEL VENCE NA AUSTRÁLIA

O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, venceu o primeiro grande prêmio de Fórmula 1 da temporada, na Austrália. A estratégia usada pela escuderia foi fundamental para vencer a Mercedes de Lewis Hamilton, que terminou em segundo. O brasileiro Felipe Massa foi o sexto colocado.
No dia 9 de abril os pilotos voltam para a pista, na disputa do Grande Prêmio da China, em Xangai.

MUDANÇAS NO NORDESTÃO

As mudanças para a Copa do Nordeste que foram discutidas ainda em fevereiro por clubes, Liga do Nordeste e Confederação Brasileira de Futebol foram oficializadas.  No ano que vem, a competição já passa a ser disputada por menos equipes e para 2019 os vice-campeões estaduais não estão mais garantidos.
A seleção dos participantes será diferente. Vão estar entre os 16 integrantes do torneio em 2018 os 9 campeões estaduais deste ano, os vice-líderes dos campeonatos baiano, pernambucano e cearense - por serem as três melhores federações do Nordeste segundo ranking da CBF - e as outras quatro equipes serão definidas em um mata-mata com os seis vice-campeões dos demais estaduais da região e os terceiros colocados da Bahia e Pernambuco.

A partir de 2018, no entanto, a seleção para os participantes da Copa do Nordeste de 2019 sofre alteração. Os 9 campeões estaduais se mantém classificados. As vagas que Ceará, Pernambuco e Bahia tem, no entanto, deixam de ser para os vice-campeões e passar a ser pelo ranking de clubes da CBF, assim como os oito times que disputam o “Pré-Nordestão”, nome dado internamente ao mata-mata.

BOTÃO DO PÂNICO

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou um projeto de lei para criar o "botão do pânico" nos transportes coletivos. Caso seja sancionado, as empresas deverão instalar um botão para que o motorista possa acionar em caso de algum risco de violência, como em tentativas de assalto.

O botão do pânico só deverá ser utilizado pelo motorista quando se constatar a ocorrência de algum crime, ato de violência ou irregularidade nos transportes coletivos. O controle deve ficar em local de fácil acionamento pelo motorista, porém não visível para terceiros. 


FERROVIÁRIO CONSEGUE CLASSIFICAÇÃO

Após um empate de 1 a 1 no tempo normal, o Ferroviário conseguiu a classificação ao derrotar o Horizonte, nos tiros livres da marca penal. O jogo foi realizado neste domingo na cidade de Horizonte. Com o resultado o time coral segue nas disputas do Campeonato Cearense.

O Tubarão da Barra volta a campo na primeira partida dos playoffs das semifinais, contra o Fortaleza. A data prévia para o primeiro jogo é 5 de abril, mas a Federação Cearense de Futebol pode ainda fazer mudanças. 

PLACAR ESPORTIVO

TAÇA RIO
Sábado (25)
Em Moça Bonita: Portuguesa 2 x 0 Madureira
Em Volta Redonda:  Volta Redonda 2 x 1 Nova Iguaçu

Domingo (26) 
Em Volta Redonda: Resende 0 x 1 Boavista
Em Moça Bonita: Bangu 0 x 2 Botafogo
Em Mesquita (RJ): Fluminense 3 x 0 Macaé
Em Brasília: Flamengo 2 x 2 Vasco da Gama

Neste jogo, o árbitro Luís Antônio Silva dos Santos se tornou o personagem principal. Não faltaram polêmicas no empate em 2 a 2 no Mané Garrincha, em Brasília. Primeiro, a expulsão do atacante do Vasco, Luís Fabiano. Pouco depois, o gol anulado do Flamengo. E, por fim, um pênalti marcado equivocadamente para o Vasco. Os jogadores do Flamengo reclamaram muito. E o árbitro acabou sendo o ponto negativo de um clássico muito disputado nos 90 minutos.

Devido aos erros da arbitragem durante o jogo, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro agiu rápido e tomou providências. O árbitro Luis Antonio Silva dos Santos e o auxiliar Daniel do Espírito Santo foram afastados por período indeterminado. Ambos não trabalham mais no Campeonato Carioca.  
O estádio Mané Garrincha teve uma queda de energia durante o primeiro tempo do clássico.
A renda somou R$ 1.279.720,00 para um público de 28.071 torcedores.

No Paulistão, São Paulo e Corinthians não passaram de um empate por 1 a 1, na tarde deste domingo.  O resultado mantém a sequência de cinco jogos sem vitória das duas equipes e acende um sinal de alerta aos seus torcedores, que veem uma queda de rendimento às vésperas de jogos decisivos pelo Estadual e pela Copa do Brasil.
A nota triste do evento ficou por conta da morte de um torcedor. Ele caiu do alto da arquibancada do Morumbi para fora do estádio, pouco antes do início da partida. A vítima chegou a ser socorrida mas não resistiu aos ferimentos e morreu no final da tarde deste domingo.


CAMPEONATO POTIGUAR
Sábado (25)
Em Natal: Santa Cruz  0 x 3 ABC      

Domingo (26)
Em Natal: América  2 x 2  Globo
Em Mossoró: Potiguar  0  x  0  Alecrim 
Em Assu: ASSU 1  x 0  Baraúnas   

CAMPEONATO PERNAMBUCANO (8ª Rodada)
Sábado (25)
Na Arena Pernambuco: Náutico  1  x  1    Belo Jardim

Domingo (26)
Na Ilha do Retiro: Sport  1  x 1  Santa Cruz
Em Caruaru: Central 0 x 2 Salgueiro

No clássico das Alagoas:
Domingo (26)
Em Maceió: CRB 0 x 0 CSA   

No clássico da Amazônia:
Em Belém: Remo 1 x 1 Paysandu      

NO MUNDO DO ESPORTE

O Paraíba de Cajazeiras anunciou a rescisão contratual com atacante Vavá e mais cinco jogadores. A medida aconteceu por cortes de gastos, conforme informado pela assessoria de imprensa do clube sertanejo e aconteceu em comum acordo com os seis atletas. Atualmente na lanterna do Campeonato Paraibano, o Paraíba soma 11 pontos dos 45 já disputados ao longo do certame.

O Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, será a nova casa do Flamengo. Após mais de oitenta dias de trabalho desde que o Flamengo assumiu a reforma do estádio, a identidade do clube começa a ser notada. O conceito de ''caldeirão'' proposto no projeto também é nítido, com a proximidade entre arquibancada e campo.
Segundo a última atualização do projeto, a capacidade da Arena da Ilha é de 20.113 pessoas. O número pode sofrer alterações após reestudos e inspeções obrigatórias, como a dos bombeiros, por exemplo, mas ficará nesta média.

O Brasil – que se diz possuir o melhor futebol do mundo – o problema relacionado a estádios continua. Na cidade de Teresina, o Estádio Alberto Silva passará por uma vistoria. O Albertão – como é mais conhecido – passa por pequenos reparos para poder receber os laudos de segurança e ser reaberta. A praça esportiva não recebe uma partida oficial de futebol desde agosto de 2016, quando o River-PI recebeu o Botafogo-PB pela 14ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

O Governo do Distrito Federal ganhou um aliado de peso na busca pelo fim da proibição de jogos da Série A do Brasileiro fora dos estados de origem do time mandante - o que vinha beneficiando a agenda do Estádio Mané Garrincha nos últimos anos.  O escritório da Ordem dos Advogados do Brasil no DF usou como base um estudo de sua Comissão de Direito Desportivo para manifestar junto à CBF repúdio em face da determinação que acaba com a "venda de mando de campo" por clubes detentores dessa prerrogativa. Segundo a Ordem, a venda de mando de campo não compromete o resultado desportivo da partida.
Desde a sua inauguração no ano de 2013, o Estádio Nacional Mané Garrincha sediou pouco mais de uma centena de jogos, sendo que o seu custo foi de aproximadamente R$ 2 bilhões. No ofício, a Ordem alegou que trata-se de uma arena desportiva que até os dias hoje também é alvo de críticas em relação ao seu custo de manutenção avaliado em mais de R$ 1 milhão por mês.

O Sampaio Correa anunciou o retorno do atacante Pimentinha, que estava emprestado ao Cricúma desde o início de 2017.
Com a camisa do Criciúma, Pimentinha atuou em 12 jogos, mas não balançou as redes. Nos últimos jogos perdeu espaço no elenco e desde o dia 4 de março, quando o Criciúma perdeu por 2 a 0 para a Chapecoense no Estadual, o atacante não entrou mais em campo.

sexta-feira, 24 de março de 2017

EDITORIAL

Os nove gols que o Uniclinic levou do Náutico não resumem o péssimo momento do futebol cearense em 2017. Há muito mais a se lamentar e a se preocupar, a começar pela postura do time da Lagoa Redonda, que tentou vender a vaga na competição com chancela da Federação Cearense e aceitação do Ceará mas, diante da repercussão péssima nacional, recuou para fazer um papelão de seis derrotas, nenhum gol marcado e 24 sofridos, na pior campanha de um clube na Copa do Nordeste, incluindo também a maior goleada tomada.
Também na quarta-feira, o Fortaleza entrou em campo para um melancólico encontro contra o Bahia, em Salvador. Com o time reserva, já eliminado, nada fez, a não ser esperar o tempo passar e perder por 2 a 0.
Para as quartas de final do Nordestão, passaram Bahia, Vitória, Sport e Santa Cruz, dois representantes de cada um dos estados mais fortes no futebol da região. Os outros quatro clubes são: Itabaiana-SE, Sergipe, River-PI e Campinense-PB, com todos os méritos. Nada de Ceará, Rio Grande do Norte, Maranhão e Alagoas.
Na Copa do Brasil a situação foi igualmente ruim. Ceará e Fortaleza conseguiram colecionar eliminações precoces em um jogo para Boavista-RJ e São Raimundo-PA, equipes com poder financeiro muito pequeno diante dos rivais cearenses. Uniclinic e Guarani de Juazeiro também já caíram do torneio.
Para além do mau desempenho nas competições, o futebol apresentado até agora tem sido de qualidade desastrosa, especialmente para Fortaleza e Ceará. O resultado disso: vaias, protestos com invasão de treinamento, muros pichados, ameaças sérias sofridas por técnicos e jogadores, trocas de comissões técnicas e uma perspectiva preocupante para o Campeonato Brasileiro que se aproxima.
Ao torcedor, como sempre, resta a esperança, na maioria das vezes sem lógica, fruto dessa paixão sem explicação por um time de futebol. Aos clubes, resta tentar recuperar alguma competência enquanto é tempo. Ainda é possível.